A história dos Transformers

Transformers Autobot

Se você acha que os Transformers começou com a Hasbro, está certo, mas foi bem antes do que se imagina…

A história dos Transformers começa com os bonecos dos G.I. Joe.

A Takara, fabricante de bonecas no Japão, adquiriu os direitos dos bonecos Norte Americanos, mas como colocar soldados americanos numa cultura pós guerra em um ambiente tão delicado, para isso a Takara repaginou e reinventou o Falcon, dando até superpoderes, mas, o corpo original, não combinava com roupas de super heróis…

falcon repaginado

Depois de longas tentativas e erros a equipe da Takara descobriu como lançar o Falcon para as crianças japonesas, eles o transformaram num robô, o Hensin Cyborg, que significa transformação, um grande sucesso

henshin cyborg

Este boneco foi uma febre e vendeu muito, porem veio a crise do petróleo em 1973, se não me engano, e a Takara por questões de custos criou a Microman, uma versão miniatura dos Hensin Cyborg, lançada nos EUA pela Mego  como Micronauts.

Com o Sucesso da linha Microman,  a Takara em 1980 lançou uma outra linha a Diaclone, com bonecos menores ainda dentro de robôs gigantes.

diaclone

A linha Diaclone fez tanto sucesso que a Takara remodelou seus bonecos da linha Microman também para robôs que se transformam, e ao longo do tempo as duas linhas eram muito parecidas com seus robôs.

Em 1982 a linha Diaclone lançou robôs que se transformavam em carros e a Microman lançou a linha Microchange de robôs que se transformavam em objetos do dia-a-dia como relógios, câmeras e até armas.

A Hasbro, neste período estava vendendo bem seus comandos em ação, mas queria diversificar seu portfólio de brinquedos e por isso começou a olhar para a Asia e foram à uma feira de brinquedos em Tóquio e viram estes robôs que se transformavam, na verdade encontrou muitas fabricantes com robôs que se transformam e queria fazer negócios pra levar estes robôs para a América.

Muitas foram as empresas interessadas mas a Hasbro escolheu a Takara pois foi a unica que não quis vender seus produtos e sim fazer uma parceria de longo prazo.

A Hasbro praticamente copiou tudo o que a Takara tinha e começou a fabricar nos Estados Unidos.

Agora a linha Microman e Diaclone se transformaram em Transformers.

transformers

Mas eles ainda não eram conhecidos pelos nomes de hoje, Micro Car, Gun Robo, e Cassete Man eram alguns dos nomes que vieram do Japão, não tinham uma história e nomes bem pouco chamativos, ai coube a Hasbro dar uma identidade americana aos brinquedos e eis que surge a Marvel Comics para criar a história que hoje conhecemos.

Então em 1984, quando estava tudo pronto, os brinquedos, as propagandas e a revista eis que surgem os Gubots da rival da Takara, a Bandai em parceria com a Tonka.

Os Gubots eram relativamente mais simples e mais baratos e saiu no mercado 6 meses antes dos Transformers.

Mas isso não diminuiu o brilho dos Transformers que virou febre e logo desbancou os rivais.

Logo mais tarde virou uma série de animação, e mais um sucesso, era uma febre com a garotada, eu particularmente gostava muito e pra ser sincero a figura do Optimus Prime era que dava alma ao desenho, ele era demais.

No Lançamento eram 26 Transformers, mas a Hasbro quis mais e lançou mas 120 robôs.

Segundo a Hasbro o mercado americano precisava de muito mais produtos do que o mercado japonês e aproveitou quase tudo que a Takara tinha disponivel.

Uma série que foi lançada e teve relativo sucesso foi os Dinobots.

Mas isso não era o suficiente e Hasbro começou a vasculhar o mercado  japonês e colocar sua marca em qualquer coisa que pudesse fazer algum sucesso, deixando a Takara meio de lado.

Eis que em 1986 decidiram fazer um filme dos Transformers, uma grande animação. Um Excelente filme, só que foi um fiasco para os fãs, mataram boa parte dos protagonistas só porque a Hasbro queria acabar com a coleção de 1984 para lançar a de 1986, até hoje eles lamentam o erro.

As Vendas no Japão começaram a cair e nos EUA continuavam fazendo mais do mesmo, o que não deu certo por muito tempo, e por fim acabou a era Hasbro com a Takara.

Os americanos ficaram sozinhos e começaram a criar seus próprios designers, dai surgiu os Power Masters, Micro Masters, Action Master e Sharkticons, as vendas começaram a cair e em 1991 os Transformers foram acabando um a um.

Alguns anos depois a Hasbro voltou com os Transformers com a linha Best Wars e até veio um desenho em 3d que não foi lá estas coisas, mas até que assisti alguns.

Parecia que os Transformers ia decolar novamente pois a Takara voltou ao jogo contribuindo com novas idéias para os brinquedos e Beast Wars foi um sucesso na época.

Eis que em 2007 dirigido por  Michael Bay e produzido por Steven Spilberg surge o filme dos Transformers que virou um fenômeno global e deu novo folego para estas máquinas maravilhosas.

Agora após o quinto filme da franquia a Hasbro continua forte como nunca e mais otimista ainda com o futuro da marca